A diversidade como um diferenciador chave na transformação

À medida que os colaboradores deixam as suas organizações em busca de uma existência mais significativa e a procura pelo talento se intensifica, os líderes devem refletir sobre as suas estratégias e estruturas atuais, que podem já não ser adequadas ao seu propósito. As organizações precisam de transformar a sua visão para enfrentar a crise de talento, permitindo em simultâneo, um futuro inclusivo para todos.

A pesquisa da Gartner demonstrou que, numa força de trabalho diversificada, o desempenho melhora em 12% e a intenção de permanecer em 20%. Com quase 8 em cada 10 executivos a referir que a diversidade é cada vez mais importante para os ajudar a atingir objetivos empresariais, é evidente que existe um desejo de criar locais de trabalho mais diversificados e inclusivos. No entanto, para muitas organizações, apesar do investimento a longo prazo e do compromisso com o conceito de diversidade, não tem havido muito progresso. Como resultado, as empresas não estão a obter os benefícios que a diversidade pode trazer, atuando como um diferenciador chave na transformação e no sucesso empresarial.

Celebrando o Dia Internacional da Mulher de 2022, o CEO do Logicalis Group, Bob Bailkoski, sentou-se com a Diretora de Corporate Social Responsability da Logicalis, Charissa Jaganath, com a Diretora de Inclusão e Colaboração e VP Sénior de Strategy and Inclusion da Cisco, Shari Slate, e com a VP de Solutions Strategy e Go-To-Market da Microsoft, Julie Sanford, para discutir o impacto e o que podemos aprender com a criação de um ambiente de trabalho diversificado e inclusivo.

Os membros do painel partilharam os seus pontos de vista sobre o que as empresas podem fazer para dar passos significativos no sentido de criar um local de trabalho mais diversificado e inclusivo.

  1. Obter a adesão e o envolvimento ativo dos líderes seniores

Os líderes seniores, especialmente os de nível C-Suite, precisam de criar uma clara responsabilização e orientação nos seus negócios quando se trata de diversidade e inclusão. Ao serem transparentes quanto à criação de uma cultura mais diversificada, ao encorajarem a comunicação nos dois sentidos a todos os níveis da empresa e ao associarem uma abordagem diversificada ao sucesso empresarial, as empresas começarão rapidamente a ver os benefícios da diversidade no sucesso empresarial.

Charissa Jaganath, Diretora de Corporate Social Responsability da Logicalis, comentou, “Penso que ter membros da direção e líderes seniores que verdadeiramente compreendam a importância deste trabalho, e o apoiem, é imperativo para alcançar o sucesso”.

  1. Os valores partilhados da empresa são vitais

Os líderes precisam de viver e respirar valores organizacionais partilhados para realmente incorporarem a cultura organizacional. Já não basta apenas falar sobre eles, os líderes precisam de ser audazes e chamar à atenção quando os valores não estão a ser vividos na sua plenitude. As empresas mais bem-sucedidas são dirigidas por líderes que se esforçam por comunicar as suas próprias identidades culturais, crenças e valores, que se alinham completamente com os valores partilhados da empresa. Ser capaz de os inspirar, capacitar e incutir nos outros é a chave do sucesso.

Shari Slate, Diretora de Inclusão e Colaboração e VP Sénior de Strategy and Inclusion da Cisco, afirmou: “Temos de nos certificar de que utilizamos e promovemos a inspiração como moeda de troca para estabelecer parcerias com os nossos colaboradores, clientes, parceiros e fornecedores, para trabalharmos em conjunto na resolução de desafios que há muito existem no mundo. Em última análise, as suas crenças como empresa são importantes, e dão-lhe a capacidade de comparecer a qualquer momento, a qualquer hora, para todo o seu conjunto de stakeholders”.

  1. Todos podem ser catalisadores da mudança

Capacitar os trabalhadores ao ajudá-los a perceber que podem ser um catalisador para uma mudança positiva é fundamental para a adoção de uma abordagem bem-sucedida de diversidade e inclusão. Ao capacitá-los para terem valores partilhados, cuidarem uns dos outros e do seu ambiente, a inclusão e a colaboração rapidamente se tornam uma base para a forma como uma organização funciona. Pode também estimular uma abordagem de base quando veem o impacto positivo direto que têm sobre o mundo.

Julie Sanford, VP de Solutions Strategy e Go-To-Market da Microsoft, observou: “Não tenho de esperar por uma grande iniciativa financiada pela empresa para fazer a diferença. Posso aproximar-me agora e realmente começar a ser um catalisador de mudança. É tudo uma questão de se sentir capacitado para liderar com a sua voz genuína e estar aberto à mudança. Se é um líder sénior na sua empresa, ser capaz de ser genuíno, partilhar histórias e aproximar-se, mesmo que seja um tema intimidante, fará com que as pessoas venham a querer partilhar, falar e aprender”.

Em última análise, a diversidade e a inclusão são verdadeiramente importantes para as empresas que querem ter sucesso. Oferecer um diferenciador chave a nível da transformação tem grandes efeitos, desde a criação de uma cultura mais positiva e colaborativa até à obtenção de sucesso empresarial e até vantagem competitiva através da criação de novas ligações. Para saber como os dois titãs na indústria tecnológica, Cisco e Microsoft, endereçam os temas de diversidade e inclusão, clique aqui para assistir ao webinar completo.